segunda-feira, 17 de julho de 2017

LEIA AGORA: Justiça autoriza madrasta de Isabella Nardoni a ir para regime semiaberto

Anna Carolina Jatobá está presa em Tremembé (SP) desde 2008, condenada pela morte da enteada Isabella Nardoni. A partir de agosto, ela poderá deixar a prisão todos os dias para trabalhar, retornando para dormir no local.

Justiça concedeu nesta segunda-feira (17) progressão de regime à detenta Anna Carolina Jatobá, condenada pela morte da enteada Isabella Nardoni. Com a decisão, a presa vai cumprir a pena no semiaberto e terá direito de deixar a penitenciária cinco vezes ao ano para as saídas temporárias. Anna Carolina está presa em Tremembé (SP) desde 2008.

Além disso, no regime mais brando, ela poderá deixar a prisão diariamente para trabalhar, desde que retorne todas as noites para dormir no local.

A progressão foi concedida pela juíza Sueli Zeraik, da 1º Vara de Execuções Criminais (VEC) de Taubaté. A decisão será encaminhada para a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) ainda nesta segunda.

Após a notificação, a presa deve ser transferida para a ala que abriga presas do semiaberto, onde está Suzane von Richtofen, condenada pela morte dos pais.

A expectativa é que Anna Carolina deixe a prisão pela primeira vez em agosto, na saída temporária de Dia dos Pais.

O advogado da presa, Roberto Podval, foi procurado para comentar o assunto, no escritório de advocacia e no celular, mas não atendeu as ligações até a última atualização desta reportagem.

Pedido

A progressão da detenta do regime fechado para o semiaberto foi um pedido da defesa de Jatobá, feito em abril deste ano. Nele, a defesa de presa afirmava que ela já tinha direito ao benefício por ter cumprido o tempo mínimo exigido para mudar de regime e bom comportamento prisional.

No último mês, após receber o resultado de um exame criminológico e favorável à progressão da detenta e documentos com detalhes de rotina dela em que constavam elogios dos diretores e funcionários da penitenciária, o Ministério Público foi favorável a concessão do semiaberto à Anna Carolina e encaminhou o processo para a decisão da juíza.

"Vale dizer que a gravidade do crime e suas consequências, por mais nefastas e repugnantes que sejam, não podem prevalecer", diz trecho do parecer do promotor Luiz Marcelo Negrini.


Na decisão, a juíza destacou que a mudança de regime é mum mecanismo facilitador para ressocialização da presa. "Embora se trate de regime prisional mais brando, ainda é bastante vigiado e possibilita a observação de evolução da detenta e seu retorno gradativo à sociedade", diz trecho do documento.


Leia a notícia em: g1.globo.com

10 hábitos que precisam ser mudados para ganhar mais tempo de vida

Saulo Miguez (saulo.miguez@redebahia.com.br)


O número de brasileiros portadores de doenças crônicas cresceu na última década. De acordo com o Ministério da Saúde, houve um aumento de 61,8% de casos de diabetes e de  14,2% de hipertensão. Além disso, mais da metade da população está acima do peso e 18,9% dos brasileiros estão obesos.
Esses problemas estão associados, principalmente, a maus hábitos alimentares e de vida. A pesquisa, divulgada em abril deste ano pelo sistema de vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico (Vigitel), ouviu 53.210 pessoas com mais de 18 anos nas capitais do país. De acordo com o endocrinologista Fábio Trujilho, a obesidade e o sedentarismo são os principais responsáveis pelo o significativo aumento do número de diabéticos no Brasil. 
O CORREIO ouviu especialistas de diferentes áreas e listou 10 alimentos e costumes do dia a dia que aumentam o risco à saúde, e como fazer para evitar esses problemas e ter uma vida mais longa.
Os males x Os antídotos
Açúcar  branco
Sofre adição de produtos químicos para atingir a coloração branca e neste processo perde vitaminas e sais minerais. Tem valor calórico entre 5 e 10 vezes maior que a maioria das frutas. Seu consumo em excesso pode causar obesidade e diabetes. 
Antídoto: Segundo a nutricionista Graziela Brandão, o ideal é reduzir ao máximo as doses de açúcar, ou utilizar tipos com índices glicêmicos menores, como o de coco. Os diabéticos devem evitá-lo.
Sal refinado
O refino retira a maioria dos minerais, à exceção de sódio e cloreto. O consumo excessivo pode levar à hipertensão, doenças cardiovasculares, renais e câncer .
Antídoto: Graziela recomenda tirar o saleiro da mesa na hora das refeições. Além disso, as pessoas devem ficar atentas ao consumo de molhos prontos, comidas congeladas e temperos industrializados pois usam o sódio em excesso. O consumo adquado de sla é de apenas 5g/dia. 
Grãos processados  (arroz branco e outros)
Têm menos fibras que grãos  integrais. Possuem alto índice glicêmico e por isso aumentam o risco de diabetes, câncer de intestino e de acúmulo de gordura abdominal. 
Antídoto: A receita é seguir a recomendação do jornalista americano Michael Pollan:  “Não coma nada que sua avó não reconheça como alimento”.  A nutricionista recomenda o uso de farinha de trigo integral e ingredientes menos processados, como farelos e flocos, em substituição às farinhas processadas.
Refrigerante
Produto ultraprocessado, repleto de aditivos e açúcar pode provocar câncer, diabetes, 
obesidade, dentre outras doenças 
(Foto: reprodução/instagram)
Antídoto: A nutricionista recomenda a substituição da bebida por água de coco, água aromatizada com frutas, sucos naturais sem açúcar e até mesmo água com gás mas com baixo teor de sódio.
Tabaco
De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o tabaco é responsável por 6 milhões de mortes em todo o mundo. Ele é fator de risco para cerca de 50 doenças. O endocrinologista Fábio Trujilho explica que o cigarro está intimamente ligado ao diabetes. “Ainda não se sabe ao certo como se dá essa associação, mas ela existe”, disse.
Antídoto: O cardiologista Luiz Ritt orienta às pessoas que ainda fumam a procurarem ajuda especializada para se livrarem do vício. “É importante esse tipo de ajuda para que as pessoas parem e não retornem", justifica.
Álcool
Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o consumo excessivo de álcool pode  causar dependência química e problemas como cirrose, pancreatite e câncer, além de doenças cardíacas. Além disso, al alterar estados mentais, o consumo desta droga legalizada está associado a mortes no trânsito e a demais comportamentos de riscos, a exemplo da prática de  sexo  sem camisinha. 
Antídoto: Da mesma forma que o tabaco, a recomendação é uma só: parar. A orientação vale para as pessoas que sofrem de problemas mais graves ou são dependentes. Para as demais, é melhor evitar ou restringir ao máximo o consumo. 
Beber pouca água
A ingestão de no mínimo 2 litros de água por dia evita problemas renais. O dentista Mateus Dias conta, ainda,  que beber pouca água pode aumentar o risco de aparecimento de cáries e provocar mau hálito, uma vez que a salivação fica comprometida. 
Antídoto: Aplicativos disponíveis para smartphones lembram de que está na hora de hidratar o corpo. Eles podem ser baixados gratuitamente.
Estresse
De acordo com o cardiologista Luiz Ritt, o estresse funciona como gatilho para casos de Acidente Vascular Cerebral (AVC) ou  infartos.  “Nas pessoas que têm fatores de risco, uma situação estressante pode levar a um aumento de pressão e desencadear um infarto”, diz. O estresse libera cortisol no organismo,  o que eleva o risco de diabetes.  De acordo com a psicóloga Luciana Ventin, as pessoas devem estar atentas ainda à síndrome de Burnout, que é o esgotamento profissional decorrente de estresse prolongado no trabalho. A síndrome pode levar à depressão e ao suicídio.
Antídoto: A psicóloga recomenda que as pessoas dediquem à saúde mental a mesma atenção aplicada à saúde do corpo. “Do mesmo jeito que fazem exames médicos de rotina, devem fazer exames psicológicos”. Aconselha, ainda, atenção às reações do organismo em situações tensas para procurar ajuda especializada. 
Sedentarismo
Quarto fator de risco de morte no mundo, de acordo com a OMS, o sedentarismo contribui para a disseminação de diabetes, obesidade e infarto. Segundo o educador físico Guilherme Valero, pessoas sedentárias sofrem perda de massa muscular, dores articulares e baixa autoestima.  
Antídoto: Valero recomenda que as pessoas façam da atividade física um momento de prazer. Para isso, é necessário encontrar o esporte que mais a agrada. “Eu sempre falo que o exercício mais completo é o que dá mais prazer". 
Glúten
Dieta sem glúten é recomendada para pessoas que sofrem de doença celíaca, enfermidade autoimune que gera danos à mucosa intestinal. A nutricionista Graziela Brandão explica que quem sofre deste mal não pode sequer compartilhar talheres usados para cortar pães.
Antídoto: A alternativa para quem quer fugir do glúten é o consumo de pães feitos de raízes ou a substituição dos  pães por  tapioca ou por raízes cozidas

Mais Médicos: Bahia deve receber mais 200 médicos em agosto

Amanda Palma (amanda.palma@redebahia.com.br)
mais-medicos
A tendência é que os médicos cubanos sejam substituídos por médicos brasileiros, conforme previsto na estrutura do Programa Mais Médicos. Em 2015, já houve uma maior adesão de médicos brasileiros. Segundo o coordenador do programa na Bahia, Ângelo Castro Lima, os médicos chegaram ao estado em grupos, e os contratos estão sendo encerrados gradativamente. 
Apenas os cubanos que se casaram tiveram direito a ter o contrato prorrogado por mais três anos. Na Bahia, foram 80 casos desse tipo. “Como chegaram em ciclos e o contrato é de três anos, o governo brasileiro, junto com o governo de Cuba, estabeleceu que os únicos que podiam permanecer seriam os que fizeram matrimônio”, afirma Ângelo.
Em média, a Bahia teve 1.070 médicos cubanos, mas atualmente conta com 818 devido ao período de substituição dos profissionais, com o encerramento dos contratos. “Geralmente o Ministério da Saúde tem de um a dois meses para fazer a substituição. Nos preparamos para receber de 150 a 200 médicos no mês de agosto”, explica.

'Ninguém se sente feliz dando imunidade a criminoso', diz Janot sobre Joesley

por Julia Affonso e Fausto Macedo | Estadão Conteúdo
'Ninguém se sente feliz dando imunidade a criminoso', diz Janot sobre Joesley
Foto: Lula Marques / Agência PT

O procurador-geral da República Rodrigo Janot disse nesta segunda-feira (17) que "ninguém se sente feliz concedendo imunidade a criminoso. 

Ninguém gosta disso". Nos Estados Unidos, onde participou de evento no Woodrow Wilson Center, no qual falou sobre o uso dos acordos de colaboração premiada na promoção de Justiça e do Estado de Direito no Brasil, Janot revelou os motivos que o levaram a aliviar plenamente a situação do empresário Joesley Batista, da JBS, que delatou o presidente Michel Temer como suposto beneficiário de propinas do grupo. 

O procurador contou que recebeu a denúncia de Joesley, atualmente residindo em Nova York com a família. O empresário, segundo Janot, exigiu imunidade total em troca da munição de que dispunha contra o presidente. "Sopesei o interesse público", afirma Janot. "A grande polêmica que se tem hoje no Brasil é a concessão de imunidades a pessoas ricas, que moram aqui em Nova York, não moram no Brasil já há algum tempo", disse Janot. "Essas pessoas (Joesley e outros executivos da JBS) procuraram agentes do Ministério Público para oferecer a possibilidade de um acordo penal. 

E envolviam altas, altíssimas autoridades da República." Segundo o procurador, sua primeira reação foi achar que não era verdade. "Não acredito que isso esteja acontecendo, não pode acontecer, depois de três anos e meio da Lava Jato, com esses números (de prisões e condenações), é inacreditável que a prática continue aberta", reagiu inicialmente o procurador. 

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Dupla de criminosos foram presos por invadiu casa para roubar em Barra BA

Divulgação/Polícia Civil

Investigadores da DT (Delegacia Territorial) de Barra, a 650 km de Salvador, em conjunto com policiais militares, prenderam Paulo Gomes Lima Filho e Pablo Pereira Rocha. Os criminosos são acusados de invadir uma residência e roubar uma televisão e três celulares, mediante ameaças com faca aos moradores.

Pablo foi o primeiro a ser identificado pelos policiais, depois de ser reconhecido como a pessoa que revendeu os celulares roubados na ação. Ele teve a sua prisão decretada pela Justiça e, logo após ser preso, apontou Pablo como seu comparsa.

Pablo, que havia guardado a TV roubada na casa de um terceiro, também teve um mandado de prisão expedido em seu nome, cumprido pela equipe da DT de Barra. A dupla foi encaminhada à Cadeia Pública da cidade, e os pertences roubados já foram devolvidos para as vítimas. 
(R7 Bahia)

Homem foi preso por agredir ex-companheira em Barra BA

Airton Borges foi denunciado por violência física, psicológica e sexual


Divulgação/Polícia Civil
Os policiais da DT (Delegacia Territorial) de Barra, município a 650 km de Salvador, divulgaram a prisão de Airton Grigório Borges pelo crime de violência doméstica, o crime aconteceu na quinta-feira (13). O anúncio foi feito pelo delegado Filipe Madureira, titular da delegacia.

A ex-companheira de Airton procurou a unidade policial para informar que vinha sofrendo violência física e psicológica, além de ataques sexuais, mesmo depois de entrar em processo de separação. O delegado titular instaurou um inquérito para apurar a denúncia e, em seguida, solicitou à Justiça a prisão do agressor.

Airton foi preso nas primeiras horas da quarta-feira por equipes da DT de Barra e foi encaminhado à Cadeia Pública da cidade. A ação, que resultou na prisão dele, contou com o apoio de policiais militares do 4º Pelotão do 7º BPM (Batalhão da Polícia Militar) de Irecê.
R7 Bahia

Michel Temer conversou por telefone, com o líder oposicionista venezuelano Leopoldo López, ofereceu apoio do Brasil

Reuters

Felipe Pontes - Repórter da Agência Brasil
Por meio de sua conta oficial no Twitter, o presidente Michel Temer informou ter conversado hoje (14), por telefone, com o líder oposicionista venezuelano Leopoldo López, a quem ofereceu o apoio do Brasil.
“Recebi, há pouco, telefonema de @leopoldolopez. Pareceu bem disposto e firme em sua luta pelo restabelecimento da democracia na Venezuela”, diz uma das quatro publicações feitas na conta de Temer nesta manhã. “Reafirmei apoio do Brasil à sua plena liberdade e repúdio a prisões políticas.”
Economista e ex-prefeito do município de Chacao, Leopoldo López é um dos principais nomes da oposição ao presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. Ele estava preso em regime fechado desde 2014, mas na madrugada do último sábado (8) foi transferido para prisão domiciliar, após decisão do Supremo Tribunal de Justiça venezuelano.
Segundo a publicação de Temer no Twitter, López agradeceu o apoio do Brasil em seus dias mais difíceis no cárcere e “pediu corredor humanitário para envio de alimentos e remédios para o povo”. Nos últimos meses, a Venezuela enfrente sucessivas crises de abastecimento.
“O Brasil está ao lado do povo venezuelano. Há que respeitar o Estado de Direito, a democracia, os direitos humanos”, acrescentou Temer no Twitter.
Ainda no campo internacional, Temer tinha uma reunião prevista para ocorrer no Palácio do Planalto na manhã desta sexta-feira (14), com o chanceler da Argentina, Jorge Faurie, mas o encontro foi transferido para a Base Aérea de Brasília.
Segundo a assessoria do Palácio do Planalto, Temer deve seguir para São Paulo após o encontro, mas não há confirmação de qual será a agenda do presidente na capital paulista, nem previsão sobre seu retorno a Brasília.

Idoso é dado como morto e recobra sinais vitais em Manaus

Idoso é dado como morto e recobra sinais vitais em Manaus: 'Um quadro de morte cerebral'
Foto: Reprodução / Facebook

Após a confirmação do óbito por uma equipe do Serviço de Pronto Atendimento (SPA), um homem voltou à vida em Galileia, na zona norte de Manaus. Segundo informações do portal UOL, Ronaldo Martins de Souza, 63 anos, deu entrada no hospital por volta das 15h da última terça-feira (11) com uma parada cardiorrespiratória, desacordado e já sem sinais vitais. 

Ele foi para a sala de reanimação e foi submetido por uma hora a procedimentos de reanimação, que não deram certo. Após a médica plantonista comunicar a morte a família, a equipe começou o protocolo de óbito. "Nos informaram que fizeram massagem cardíaca, choque, tudo que foi possível, mas que infelizmente ele tinha falecido. Não havia mais sinais vitais, a pupila estava dilatada... Era um quadro de morte cerebral”, relata a filha, Rosilane Mendonça de Souza. 

"Permitiram que a gente entrasse no quarto antes de desligar o aparelho. Ele estava muito gelado. Fizemos uma oração e me despedi do meu pai. Pedi a Deus que colocasse ele num bom lugar”. Na hora que os tubos seriam retirados, Ronaldo recobrou os sinais vitais. "Mandaram a gente pra sala do necrotério, para aguardarmos, mas meia hora depois fomos chamadas de volta. Disseram que o pulso havia voltado. 

Foi uma alegria tremenda. Disseram que meu pai tinha morrido e meia hora depois ele não tinha mais. Avisei minha irmã do que aconteceu e ela voltou”. Apesar da notícia feliz, o quadro de saúde dele ainda é grave. Ronaldo foi transferido na quarta-feira para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio e está em coma induzido. 

Norte-Nordeste PF faz maior apreensão de maconha 4 toneladas em Campinas de Pirajá

PF apreende 4 t de maconha em Campinas; apreensão é a maior no Norte-Nordeste
Foto: Divulgação / PF

Cerca de 4 toneladas de maconha foram apreendidas nesta quinta-feira (13) em operação conjunta da Polícia Federal, força-tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-BA), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Comando de Policiamento Especializado (CPE) da Polícia Militar. 

Segundo informações da Polícia Federal, foi a maior quantidade de maconha prensada apreendida no Norte-Nordeste. A droga foi encontrada pelas equipes no bairro de Campinas de Pirajá, após denúncia anônima, dentro de um caminhão que transportava uma carga de cebola. 

Sete pessoas foram presas em flagrante e cinco veículos foram apreendidos durante a ação. O material pertencia a um dos suspeitos presos – todos eles foram conduzidos à Superintendência da Polícia Federal para adoção de medidas cabíveis. (Fonte BN) 

Momento do ‘Feminejo’ inspira dupla de ex-cantoras da Calcinha Preta: ‘Hora da mulher’

por Júnior Moreira / Bahia Notícias 
Momento do ‘Feminejo’ inspira dupla de ex-cantoras da Calcinha Preta: ‘Hora da mulher’
Foto: Reprodução / Instagram

Após longa trajetória dedicada à banda Calcinha Preta e depois de um ano no projeto Gigantes do Brasil, as cantoras Silvânia e Paulinha decidiram entrar na onda das mulheres que se arriscam em entoar seus versos, na busca por representatividade e autonomia no discurso, e partiram para carreira em dupla. Em entrevista para o Bahia Notícias, a sergipana Paulinha deixa explícito que a onda do chamado “Feminejo” - músicas sertanejas que trazem mensagens de empoderamento feminino - foi primordial para essa decisão. “É um projeto audacioso. Aproveitamos esse momento e trouxemos o ‘forrónejo’, pois não podemos fugir das nossas raízes. Do forró”, iniciou.  Em seguida, reconheceu que 2016 foi um ano em que os anseios e dúvidas do mundo feminino tiveram espaço para discussão na música. “A mulherada está dando a cara para bater. Na verdade, tivemos mais espaço para mostrar aquilo que muitas de nós passam. Antes, era só o homem falando de bebida, mulherada, e nós não desabafávamos”, lembrou. Ela explica também que diante de iniciativas de artistas como Maiara e Maraísa, Simone e Simaria, Marília Mendonça e Naiara Azevedo, Silvânia entendeu o momento, virou pra ela e disse: “’E aí, abelhinha? Vamos?’" "E eu disse: ‘Bora. A hora é agora’”, confessou aos risos.

Com esse discurso de liberdade e poder, elas retornam à Bahia nesta sexta-feira (13), na festa "Farra das Divas", no Armazém Hall, ao lado da cantora Joelma. Durante o papo, Paulinha não descartou a possibilidade de parceria com a ex-cantora do Calypso. “Amo a Joelma. Somos fãs dela. A gente está planejando conversar sobre esse assunto amanhã e ver uma música para fazermos juntas”, adiantou, antes de falar sobre a felicidade de tocar outra vez para o público baiano. “Aqui é como se fosse a segunda casa. Nosso primeiro DVD no Calcinha Preta teve mais de 100 mil pagantes, no Parque de Exposições. É uma relação muito bonita de amor, cumplicidade e carinho. É muito gratificante”, agradeceu. Enquanto dupla, essa será a segunda vez que se apresentam na região metropolitana de Salvador e, ao ser questionada sobre a diferença de comandar um show sem o Calcinha Preta, em que permaneceu por 12 anos, pontuou: “A minha sintonia com Silvânia permaneceu, mas agora temos mais liberdade. Quando passamos a ser donas é engrandecedor. Você define o que quer cantar e em qual evento. No Gigantes já tínhamos essa liberdade. Já no Calcinha era funcionária”. “Tudo é um ciclo, né? Sentimos saudade. Não foi uma história qualquer. Entre idas e vindas, fiquei muitos anos. É uma história de amor. Temos uma relação muito bonita com a banda”, firmou. Por isso, aos fãs que pedem por músicas da época do conjunto, podem ficar tranquilos, pois o show terá um momento dedicado ao passado. “Não podemos não cantar. Então, temos o nosso bloco de ‘Calcinha’. A música 'Baby Doll', por exemplo, o meu público gay ama e eu amo os gays. Devo ter sido gay na outra vida”, apostou aos risos.  Além da dupla e Joelma, o evento contará com a ex-“The Voice Brasil”, Jeanne Lima, que trará o show baseado no seu primeiro CD em carreira solo. Os ingressos custam entre R$ 40 e R$ 80. 

quarta-feira, 12 de julho de 2017

BA: Médico é preso por porte de munição e drogas em Senhor do Bonfim


Redação BNews | Fotos: Divulgação (Polícia Civil)

O médico Fernando Pereira Garcia, 44 anos, foi preso em flagrante, na manhã desta quarta-feira (12), por guarnições da 19ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Senhor do Bonfim), na rua dos Rodoviários, Derba. Fernando foi preso por porte ilegal de munição e drogas.
A polícia foi ao local cumprir um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça de Porto Alegre, em Mato Grosso, em nome de Fernando, por tráfico de droga, posse de material bélico e anabolizantes. Segundo a polícia, na casa dele, em Senhor do Bonfim, foram encontradas ainda, 20 balas para revólver calibre 38, além de cocaína e maconha.
De acordo com o titular da 19ª Coorpin, delegado Felipe Neri, Fernando poderá pagar fiança para os crimes cometidos na Bahia, mas ficará a preso na sede da unidade à disposição da Justiça que emitiu o mandado.

Sessão especial na Câmara Municipal de Salvador lembra o Dia Municipal da Mulher Negra




Acontece no próximo dia 25 de julho (terça-feira), às 18h, na Câmara Municipal de Salvador (CMS), uma sessão especial em homenagem ao Dia Municipal da Mulher Negra, bem como ao Dia Internacional da Mulher Latina e Caribenha e ao Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra. Coordenado pela vereadora Ireuda Silva (PRB), o evento também concederá o Prêmio Maria Felipa a mulheres negras que ocupem lugar de destaque na luta contra o preconceito e em prol da autoafirmação.

Entre as homenageadas, estão as cantoras Margareth Menezes e Virgínia Rodrigues, a esteticista Negra Jhô, a estilista Najara Black, a líder comunitária Rose Meire dos Santos Silva, a pugilista Adriana Araújo, a jornalista Mia Lopes, a quituteira Iracema (Neinha), a voluntária social Gerusa Santos, a deputada federal pelo Rio de Janeiro Tia Ju (PRB), a embaixadora colombiana Gisela Perez Fonseca e a missionária Isa Reis. “Este dia e este prêmio são o mínimo que podemos fazer para reafirmar o nosso posicionamento, mostrar que nós, mulheres negras, estamos aqui, que somos peças fundamentais da história do Brasil e da Bahia. E que lutamos constantemente para melhorar a realidade de todas nós”, diz Ireuda.
No evento, estarão presentes, como convidadas especiais, a ganhadora do concurso “A Mais Bela Gordinha da Bahia”, Renata Trindade, e Sheila Soares, que também participou da disputa; além de Carol Machado, coordenadora do movimento Novas Felipas; e Tereza Coelho, representante da Associação Maria Felipa.
A mesa será composta pela vereadora Ireuda Silva (PRB), pela secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza, Tia Eron, pela vereadora Aladilce Souza (PCdoB), Carol Machado e Tereza Coelho.
Por Redação BNews | Fotos: Reprodução

Se condenação for mantida na 2ª instância, Lula deve ficar inelegível


Por Folhapress | Fotos: Gilberto Júnior / BNews
Resultado de imagem para lula bocaonews


















A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve apelar ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região ( TRF-4), em Porto Alegre, se quiser alterar o mérito da decisão do juiz Sergio Moro, que condenou o petista a nove anos anos de prisão nesta quarta-feira (12). 
 
Se não for absolvido pelo tribunal, o ex-presidente ficará inelegível pela Lei da Ficha Limpa, que aponta que todo condenado por um colegiado está impedido de se candidatar. 
 
Porém, mesmo condenado, o ex-presidente poderia concorrer se pedir uma liminar contra a decisão do TRF até o julgamento de recursos no Superior Tribunal de Justiça (STJ) ou Supremo Tribunal Federal (STF). 
 
Antes antes de o processo chegar em segunda instância e ser revisado, os advogados podem entrar com embargos de declaração ao próprio Sergio Moro, recurso em que o juiz deve esclarecer obscuridades na decisão, resolver contradições ou se pronunciar sobre algum pedido que não foi examinado é muito usado por advogados para protelar o processo.

DF Rodrigo Maia faz jogo duplo e, às escuras, conspira por Presidência


Em 2012, o atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), teve apenas 2,9% dos votos válidos na briga pela prefeitura da cidade do Rio de Janeiro. Os cariocas que o conhecem tão bem lhe negaram o privilégio concedido a seu pai, o velho César Maia, em três oportunidades (de 1993 a 1997 e de 2001 a 2008). Mas, em breve, se tudo conspirar a favor, “Botafogo” – como o deputado federal era identificado na planilha de doações para caixa dois da empreiteira Odebrecht – poderá assumir o Palácio do Planalto sem a necessidade de um mísero voto de um eleitor comum.
E de conspiração, os palacianos de Brasília entendem muito bem. O próprio Maia faz jogo duplo, se fingindo de fiel companheiro do presidente Michel Temer, sem que lhe ofereça a menor das ajudas. Na prática, deixa seu “aliado” à deriva e, às escuras, trabalha para que o seu presidente desocupe o cargo o quanto antes. Não são poucos os que apontam que o jovem presidente da Câmara (que faz 47 anos hoje) trabalhou para que o colega Sérgio Zveiter (PMDB-RJ) fosse escolhido como relator da proposta de ação penal contra Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O resultado desta história todos já sabem: a defesa do relator para que o presidente seja processado por corrupção.
A eleição de 2012 fez Maia repensar sua vida política. Já tinha se contentado com o fato de que o Poder Executivo estava além de sua estatura política. Talvez, senador mais tarde. Mas, algo mudou no meio do caminho. Em algum momento, decidiu-se que Temer deveria cair. E Rodrigo Maia, que chegou à presidência da Câmara com o voto também dos petistas, está no lugar certo na hora certa. Ele não tem experiência para o tamanho do desafio que o espera. Mas, se Temer não tiver ao menos 172 leais deputados na Câmara, para impedir que as denúncias contra ele avancem, o jovem deputado haverá de herdar a Presidencia da República. Até que outras vozes comecem a gritar: “Fora, Maia!”. E comece tudo de novo.
metronews

Esmeralda gigante que foi encontrada na Bahia é comprada por dupla de empresários

Pedra tem valor estimado em R$ 500 milhões
Da Redação (redacao@correio24horas.com.br)

Uma esmeralda de 60 cm de altura e 137 kg retirada da Mina da Carnaíba, em Pidobaçu, no norte da Bahia, foi comprada por dois empresários, um de Petrolina, no sertão de Pernambuco, e outro de Curaçá, cidade baiana. O valor da pedra está estimado em R$ 500 milhões, segundo o Jornal do Commercio. 
O advogado dos empresários, José Cícero de Melo, afirmou que todos os documentos que regularizam a pedra estão prontos. A expectativa dos dois é expor a padra em galerias e museus do exterior.
A pedra foi localizada na Mina Caraíba e é a terceira desse porte achada na região. A segunda, conhecida como "Esmeralda da Bahia", tinha 360 kg e foi avaliada em R$ 300 milhões. A primeira, de 380 kg, era avaliada em cerca de R$ 1 bilhão.
(Foto: Acervo Pessoal)

Condenação não traz 'qualquer satisfação pessoal', diz Moro sobre Lula

 Julia Affonso, Ricardo Brandt, Fausto Macedo e Luiz Vassallo


O juiz condenou o ex-presidente por corrupção e lavagem de dinheiro - Foto: Patricia de Melo Moreira | AFP
O juiz condenou o ex-presidente por corrupção e lavagem de dinheiro
Patricia de Melo Moreira | AFP

Ao condenar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e seis meses de prisão no caso triplex, o juiz federal Sérgio Moro afirmou que a sentença "não traz qualquer satisfação pessoal". O petista foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro.
"Registre-se que a presente condenação não traz a este julgador qualquer satisfação pessoal, pelo contrário. É de todo lamentável que um ex-presidente da República seja condenado criminalmente, mas a causa disso são os crimes por ele praticados e a culpa não é da regular aplicação da lei. Prevalece, enfim, o ditado 'não importa o quão alto você esteja, a lei ainda está acima de você' (uma adaptação livre de 'be you never so high the law is above you')", afirmou Moro.
Segundo Moro, o ex-presidente "recebeu vantagem indevida em decorrência do cargo de presidente da República, ou seja, de mandatário maior".
"A responsabilidade de um Presidente da República é enorme e, por conseguinte, também a sua culpabilidade quando pratica crimes. Isso sem olvidar que o crime se insere em um contexto mais amplo, de um esquema de corrupção sistêmica na Petrobras e de uma relação espúria entre ele o Grupo OAS. Agiu, portanto, com culpabilidade extremada, o que também deve ser valorado negativamente. Tal vetorial também poderia ser enquadrada como negativa a título de personalidade", destacou.

Lula é condenado a 9 anos e seis meses; Moro não decreta prisão do petista

Juiz da Lava Jato afirma que ex-presidente recebeu R$ 2,25 milhões de propinas da OAS, no triplex do Guarujá; é primeira sentença contra o petista por crimes de
corrupção e lavagem de dinheiro no esquema Petrobrás.




Lula: condenado pela primeira vez na Lava Jato. Foto: Eraldo Peres/AP

Aos 71 anos de idade, Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado a 9 anos e seis meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A condenação do juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal, em Curitiba, é a primeira do ex-presidente na Operação Lava Jato. Moro não decretou a prisão de Lula.

“Entre os crimes de corrupção e de lavagem, há concurso material, motivo pelo qual as penas somadas chegam a nove anos e seis meses de reclusão, que reputo definitivas para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva”, condenou Moro.

Também foram condenados os executivos José Adelmário Pinheiro, o Léo Pinheiro – corrupção e lavagem -, e Agenor Franklin Medeiros – corrupção ativa, ambos da OAS. O juiz da Lava Jato absolveu outros executivos da OAS, Paulo Roberto Valente Gordilho, Fábio Hori Yonamine e Roberto Moreira Ferreira, e o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, do crime de lavagem de dinheiro.

A denúncia do Ministério Público Federal sustentava que Lula havia recebido R$ 3,7 milhões em benefício próprio – de um valor de R$ 87 milhões de corrupção – da empreiteira OAS, entre 2006 e 2012. Moro considerou existirem provas para condenação do petista pelo recebimento de R$ 2,2 milhões de propinas.

As acusações contra Lula são relativas ao suposto recebimento de vantagens ilícitas da empreiteira OAS por meio do triplex no Guarujá, no Solaris, e ao armazenamento de bens do acervo presidencial, de 2011 a 2016.

Fonte: estadao.com.br

segunda-feira, 10 de julho de 2017

DANIEL ALVES Acusado de ter problema fora do esporte, rebate presidente do Barça


 Por Redação Galáticos Online | Fotos: Reprodução

Após o presidente do Barcelona falar em tom misterioso sobre a saída do brasileiro Daniel Alves para a Juventus, afirmando que “problemas fora do esporte” foram o motivo do rompimento com o clube catalão, o lateral resolveu rebater as declarações através das redes sociais. 
"Mentira", escreveu o lateral em seu Twitter como comentário a uma notícia que repercutia as palavras de Bartomeu aos jornais "Mundo Deportivo" e "Sport". 
No último sábado (09), o craque se casou com a modelo Joana Sanz em cerimônia para poucos convidados. O casamento do jogador foi praticamente em segredo. 

Estudo do British Medical Journal (BMJ) aponta, consumir comidas apimentadas faz bem para a saúde


Estudo publicado no British Medical Journal (BMJ) aponta que pessoas que seguem uma dieta regular com comidas apimentadas apresentam baixo risco de morte por câncer, doenças do coração e respiratórias.

Muitos estudos prévios demostraram os benefícios à saúde que a pimenta promove. Algumas pesquisas apontaram agentes bioativos que ajudam a reduzir o risco de obesidade e doenças cardiovasculares.

Enquanto esses estudos sugerem que a pimenta poderia desempenhar um papel proeminente na saúde humana, há evidências dos efeitos do consumo diário de comidas apimentadas em algumas doenças específicas e nas causas de mortalidade.
Para verificar isto, um grupo de pesquisadores da Chinese Academy of Medical Sciences analisou dados da China Kadoorie Biobank de quase meio milhão de adultos de diversas regiões da China.
Eles acompanharam um total de 487.375 participantes com idades entre 30 e 79 anos regularmente avaliadas por médicos. Quando cada participante estava envolvido no estudo entre 2004 e 2008, eles receberam um questionário sobre sua saúde e o consumo de comidas picantes, carne vermelha, vegetais e álcool.

BARREIRAS BA príncipio de incendio no hospital do Oeste


Houve um princípio de incêndio em um leito isolado da UTI pediátrica  do Hospital do Oeste (HO), mas a equipe da unidade e do corpo de bombeiros agiu rapidamente. Não houve danos a nenhum paciente ou colaborador. Os pacientes da UTI foram remanejados por uma questão de segurança para unidades internas do HO. As causas do incidente ainda estão sendo investigadas.
G1 Bahia

Geddel tem doze fazendas na Bahia que somam 9 mil hectares

Geddel tem doze fazendas na Bahia que somam 9 mil hectares
Foto: Reprodução / TV Globo

Suspeito de ter recebido R$ 20 milhões em propina e preso nesta semana por suspeita de atrapalhar investigações, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) tem diversos bens, entre fazendas, apartamentos, casa na beira da praia, carros de luxo. Segundo informações do Fantástico, da TV Globo, somente fazendas são 12 em sete municípios do interior da Bahia, que somam mais de 9 mil hectares e valem ao menos R$ 67 milhões. 

Uma das fazendas é a Tabajara II, em Itororó, no Médio Sudoeste da Bahia. A propriedade tem 1.097 hectares – segundo Geddel, ela foi adquirida por R$ 88,6 mil nos anos 1990. Um vizinho do imóvel afirmou, em entrevista ao programa, que o alqueire (cerca de 20 hectares) vale em torno de R$ 150 mil a R$ 200 mil. Deste modo, a fazenda valeria mais de R$ 7,5 milhões. 

“É uma terra valorizada, é uma terra que todo mundo fica de olho”, afirmou um administrador de fazenda da região, Norberto Santos Silva. Ele também possui um apartamento no centro de Itapetinga, na mesma região.  Na declaração de bens que apresentou em 2014, quando foi candidato a senador, ele informou ter pagado, junto com familiares, R$ 100 mil. Um corretor da região afirma que o apartamento deve valer entre R$ 1 milhão e R$ 1,5 milhão.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Advogada transexual é a 1ª a ter nome social aceito no Brasil




Nesta segunda-feira (9), uma ação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) representou enorme vitória a favor da diversidade. 


A advogada Márcia Rocha recebeu sua primeira certidão da entidade com o nome social impresso. Ela é a primeira advogada transexual a ser reconhecida como mulher no país. “A possibilidade de fazer com que as pessoas nos vejam enquanto seres humanos, capazes de trabalhar e de exercer uma profissão com seriedade, é extremamente importante”, afirmou a advogada na cerimônia.

A demanda para que a possibilidade do uso de nome social por transexuais e travestis fosse acatada surgiu em 2013, tendo sido aprovada em maio passado. O prazo para a adaptação do sistema da OAB era janeiro de 2017. “Pode ter certeza que logo no comecinho do ano eu vou pedir”, afirmou a advogada ao portal G1 na época. Membro da Comissão de Diversidade e Combate à Homofobia da Ordem desde 2011, ela motivou o pedido, pois não era reconhecida nos quadros da OAB. “Cada passo que se dá na direção da igualdade, liberdade, do direito, da saúde, são passos importantes para uma população que sempre foi tão discriminada, tão marginalizada. E ainda é”, comemorou.

Sucesso no 'JN', Maju pode ganhar programa na Rádio Globo




O sucesso de Maria Júlia Coutinho pode finalmente ultrapassar as fronteiras do “Jornal Nacional”, onde apresenta desde 2013 a previsão do tempo. De acordo com a revista “Veja”, Maju está em negociações para apresentar um programa solo na Rádio Globo.

Se o acordo vingar, o programa da jornalista deverá entrar ainda este ano na programação da emissora. Ainda não existem informações sobre o formato e o conteúdo da possível atração, mas novidades devem surgir em breve. Em todo caso, já é dado como certo que ela deve conciliar o trabalho na rádio com suas funções no “JN”.

Maria Júlia Coutinho começou sua carreira de jornalista em 2005, na TV Cultura, onde passou pela bancada do “Jornal da Cultura” e “Cultura Meio-Dia”.

Dois anos depois, ela chegou como repórter à Globo, sendo deslocada mais tarde para o bloco de meteorologia do “JN” e de outros telejornais da emissora, como “Bom Dia Brasil” e “Jornal Hoje”. Maju também marcou época na cobertura do Carnaval Globeleza.

Informações: MSN

Juíza manda ex-tesoureiro do PT provar que não tem recursos



A luta do ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira para deixar a prisão da Operação Lava Jato ganhou um novo capítulo.A juíza federal Gabriela Hardt, substituta de Sérgio Moro, na 13.ª Vara Federal de Curitiba, mandou na segunda-feira, 9, a defesa do petista “comprovar a ausência de recursos hábeis” para pagar fiança de R$ 1 milhão – imposta por Moro para tirar o petista da cadeia.

O valor foi estipulado pelo magistrado em 16 de dezembro de 2016. Desde então, a defesa entrou com pedidos de reconsideração para que a Justiça aliviasse o pagamento de R$ 1 milhão, alegando que Ferreira está “desempregado e com dívidas”.A juíza havia pedido que os defensores do ex-tesoureiro indicassem um imóvel para cobrir o valor da fiança. 

Os advogados informaram que o petista não tinha um imóvel para dar como garantia. Em 29 de dezembro, a defesa reclamou da situação de Paulo Ferreira.Nesta segunda, 9, a magistrada afirmou que “entre os dias 20 de dezembro de 2016 a 6 de janeiro de 2017, a Justiça Federal do Paraná funcionou sob regime de plantão durante o qual esta magistrada não estava designada para atuar”.“Caberia, portanto, ao próprio advogado submeter a questão de pronto ao Juízo plantonista caso pretendesse a análise imediata do pleito formulado”, anotou Gabriela Hardt.